Rudge Ramos: A Força do nosso Jornalismo ou pessoas com informações privilegiadas?

Uma das nossas últimas matérias publicadas “NOITE TRANQUILA NA RUA DA MACONHA” que pautou o consumo de drogas e a perturbação da paz na Rua do Sacramento no Rudge Ramos alcançou grande repercussão na sociedade civil, no poder público e principalmente na Universidade Metodista de onde sai a maioria dos frequentadores da Rua do Sacramento apelidada pelos moradores adultos e não adultos de RUA DA MACONHA.

maconha-1000x500

A nota publicada viralizou no Wats dos universitários. Tanto que no sábado (??) não ocorreu movimento algum no rua nem perturbação do sossego. Porem estranhamente por volta das 21:30 hrs 5(CINCO) viaturas da guarda municipal chegaram ao local.

Pergunto: FOI A FORÇA DO NOSSO JORNALISMO que fez com que findasse a bagunça ou os PROPRIETÁRIOS DOS DIVERSOS BARES CONTARAM COM INFORMAÇÕES PRIVILEGIADAS sobre a possível presença da guarda municipal?

Por quê na periferia não precisou de denúncia da imprensa para que se tomasse as medidas necessárias? isso sem falar que existe um posto da GCM a 500 metros da RUA DO SACRAMENTO.

Será que está valendo o ditado popular que o comando da GCM é CEGO PORQUE NÃO QUER ENXERGAR? 

SE A BAGUNÇA E O CONSUMO DE DROGAS NA RUA DA MACONHA VOLTAR transmitiremos em tempo real do mesmo jeitinho que o prefeito fez quando fechou, multou e lacrou os bares na Vila São Pedro.

Ricardo Garcia
#RG30
http://www.ricardogarcia.saobernardo.br