Quinta feira passada (10/10/19), o vereador Fabio Lopes de Santo André fez uma moção de repúdio ao veto do presidente Jair Bolsonaro ao Projeto de Lei n° 60/2007 que dispões sobre a obrigatoriedade da prestação de serviços de psicologia e de serviço social nas redes públicas de educação básica.

O mais engraçado é que educação básica é de competência do MUNICÍPIO, OU SEJA, DA PREFEITURA, não se tem notícias de que o vereador Fabio Lopes propôs um projeto de lei dispondo sobre a obrigatoriedade da prestação de serviços de psicologia e de serviço social nas escolas municipais de Santo André.

Leia a moção de repúdio ao Presidente Jair Bolsonaro: http://camarasempapel.cmsandre.sp.gov.br/Sistema/Protocolo/Processo2/Digital.aspx?id=5589&arquivo=Arquivo/Documents/MOC/5589-104422571710102019-assinado(10405)(10408)(10395)(10396)(10403)(10394)(10409)(10412)(10397)(10402)(10400).pdf#P5589