Hoje (05 -11) o Diário do Grande ABC noticiou que há cinco meses, jurídico da Câmara segura parecer sobre Elian, ela foi acusada pela Polícia Federal de corrupção;

O caro leitor deve estar pensado ” é bom que eles noticiem, assim quem sabe os vereadores cassem ela de uma vez”. Não é bem assim meu caro.

Recentemente segundo a advogada Silmara Silva, ela percebeu o movimento deliberado de Câmara de favorecer a vereadora, de forma que o processo mais tarde fosse anulado pelo judiciário por ter sido adotado o procedimento equivocado, assim como ocorreu com o prefeito Atila Jacomussi de Mauá.

Assim, ela fez um novo pedido de cassação a fim que fosse adotado o procedimento adequado, porém a denúncia sequer foi levada ao plenário, contrariando determinação expressa da lei de responsabilidade dos vereadores.

A advogada então no dia 01 de novembro ajuizou uma ação para que obrigasse o presidente da Câmara de Santo André, Pedro Botaro, a pautar o pedido de cassação da vereadora Elian Santana. E pediu liminar para suspender o processo de Cassação que está ocorrendo de maneira irregular no qual o Juiz não deferiu.

Segundo a Dra. Silmara Silva, caso Elian seja Cassada da forma que conduziram o processo, ela conseguirá anular a cassação facilmente, isso pois adotaram um rito totalmente diferente do que a lei determina e agora que ela ajuizou uma ação que efetivamente pode acabar com a farsa deles, resolveram acelerar um processo de cassação evidentemente nulo para beneficiá-la e para que os vereadores não saiam desgastados.