Em justificativa prefeitura cita estudos para monopólio de Transporte, mas nãos os apresenta.

A prefeitura de São Bernardo lançou hoje a Concessão do Transporte Público em lote único, ou seja, sob o regime de monopólio, o que já foi impugnado no Tribunal de Contas duas vezes.

Na justificativa da concessão de Transporte Público, no anexo 3, a prefeitura cita:

” estudos técnicos relacionados com as potencialidades do serviço público de transporte coletivo, da sua viabilidade econômica e social que apontaram para a Concessão do serviço em lote único, ou seja, com exclusividade, a ser executado por uma empresa ou consórcio de empresas, a fim de manter o equilíbrio entre os custos do serviço e respectivas receitas “