DE OLHO NA POLÍTICA lança desafio ao Repórter Leandro Amaral

Temos companhado jornalistas e meios de Comunicação do Grande ABC desde 2017.

Dentre muitas reportagens, entrevistas, lives e matérias que merecem nossos elogios identificamos raríssimos momentos em que estes meios publicaram conteúdos que envolvam os Prefeitos Orlando Morando e Paulo Serra do PSDB, outros políticos e assessores em casos com indícios de corrupção.


Por este motivo gostaríamos COM TODO RESPEITO ao profissional Jornalista Repórter Leandro Amaral que utilize a investigação e indiciamento da Polícia Federal divulgada neste link:

https://ricardogarcia.saobernardo.br/2020/01/01/prefeito-indiciado-pela-policia-federal-faz-sua-retrospectiva/


, bem como, as matérias e posts da UOL, FOLHA e TV SÃO BERNARDO para fazer uma matéria e uma entrevista(?) especialmente com o Prefeito de São Bernardo. A população merece isso.


OPERAÇÃO DA PF QUE PEDIU AFASTAMENTO DE ORLANDO MORANDO CHEGA A FASE FINAL

A Operação Prato Feito da Polícia Federal, iniciada em 2018, indiciou 154 pessoas suspeitas de participação no desvio de verbas destinadas à compra de alimentos para as escolas do Estado de São Paulo.

No núcleo político, 13 prefeitos de cidades paulistas são suspeitos de participação direta no esquema.

Dentre eles está Orlando Morando (PSDB) que, de acordo com a PF, foi beneficiado durante a campanha para as eleições municipais de São Bernardo do Campo em 2016. Conversas entre dois suspeitos interceptadas com autorização judicial indicaram que um dos investigados, Fábio Favaretto, estava preocupado com a realização do segundo turno em São Bernardo. “Agora vai ser mais caro ainda, imagina o que vai sobrar pra mim”, diz um trecho da conversa.

Ainda de acordo com a PF, após a eleição de Morando, pessoas ligadas ao esquema foram indicadas para cargos na gestão do atual prefeito. Os 5 contratos suspeitos com empresas do ramo de alimentação somam R$ 35 milhões.

Por conta desses indícios, a Polícia Federal pediu o afastamento de Orlando Morando da Prefeitura de São Bernardo do Campo em setembro de 2019, mas até agora ele continua na gestão da cidade.

Acesse: https://www.facebook.com/1691935501119395/posts/2405295453116726/?d=n