Profissionais da Saúde de SBC (98%) não vão ter bônus por combate ao Coronavírus.

Apesar da grande marketagem que prefeitos e vereadores fizeram em torno do projeto de lei que cria bônus, eles não contaram que cerca de 98% dos funcionários da Saúde não receberão o Bônus.

Segundo o portal transparência é possível notar que há apenas 669 profissionais dos mais diversos cargos: de motoristas à médicos na Secretária de Saúde e o restante são terceirizados que segundo notícias fornecidas pelo próprio Orlando Morando, ultrapassam 8 mil.

Portanto terceirizados são cerca de 91%, que não receberão qualquer tipo de bonificação, pois a lei não vale para os terceirizados.

Restam cerca de 9% que poderiam receber o bônus, entretanto a lei enviada pelo prefeito exclui muitos , INCLUSIVE ENFERMEIROS, TÉCNICOS E AUXILIARES DE ENFERMAGEM QUE TRABALHAM na linha de frente.

Na prefeitura existem apenas 114 médicos e 197 profissionais Técnicos de Enfermagem, Auxiliares de Enfermagem e Dentista que potencialmente poderiam receber mas muitos não vão.

Isso porque o Projeto de Lei do Orlando Morando limitou a bonificação aos profissionais Técnicos de Enfermagem, Auxiliares de Enfermagem e Dentista que trabalham na Estratégia da Saúde da Família.

Ou seja, aquele enfermeiro, técnico e auxiliar de enfermagem que se encontram no Hospital na linha de frente não receberão qualquer gratificação.

veja quem poderá receber:

DENOMINAÇÃOCRITÉRIO DE BENEFÍCIOVALOR
1.1 – Gratificação Especial Médica – prevista no inciso I do § 2º do art. 1ºGratificação aos servidores ocupantes do cargo de Médico (diarista e plantonista) que exerçam atividades em unidades que não são de urgência e emergência e UTICorresponde à diferença do valor da hora base efetiva do servidor e o valor máximo de R$ 66,75 (sessenta e seis reais e setenta e cinco centavos)/hora
1.2 – Gratificação Especial Médica de Urgência/Emergência e UTI – prevista no inciso II do § 2º do art. 1ºGratificação aos servidores ocupantes do cargo de Médico que exerçam atividades em unidades de urgência e emergência e UTI, em regime de plantão de segunda a sexta-feiraCorresponde à diferença do valor da hora base efetiva do servidor e o valor máximo de R$ 66,75 (sessenta e seis reais e setenta e cinco centavos)/hora
1.3 – Gratificação Especial Médica de Urgência/Emergência e UTI – prevista no inciso III do § 2º do art. 1ºGratificação aos servidores ocupantes do cargo de Médico que exerçam atividades em unidades de urgência e emergência e UTI, em regime de plantão aos finais de semana ou feriadosCorresponde à diferença do valor da hora base efetiva do servidor e o valor máximo de R$ 76,21 (setenta e seis reais e vinte e um centavos)/hora
1.4- Gratificação Especial Médica PSF – prevista no inciso IV do § 2º do art.1ºGratificação aos servidores ocupantes do cargo de Médico que exerçam atividades em equipes do Programa da Saúde da FamíliaCorresponde à diferença do valor da hora base efetiva do servidor e o valor máximo de R$ 82,75 (oitenta e dois reais e setenta e cinco centavos)/hora
1.5 – Gratificação Especial ESF – prevista no inciso V do § 2º do art. 1ºGratificação aos servidores enfermeiros, técnicos ou auxiliares de enfermagem e dentistas que desempenharem suas atividades na Estratégia da Saúde da FamíliaCorresponde a 21% do valor da referência efetiva do servidor.    

Dito isso, somando todos os profissionais da saúde do Município de São Bernardo do Campo, menos 2% receberão esse bônus, e pior, a equipe de enfermagem dos hospitais não vão receber.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: